What not to test in your project!


Track: Agile QA y Testing
Idioma:
Tipo: Charla
Nivel: Experto
Duración: 50 mins.


Descripción

On the 11th of April 2012 an intense discussion on testing was initiated because of a twitt by @DHH; culminating in interesting opinions by many of the big names who are references in this area. We see a lot of value in TDD; but are not obsessed by the practice. We don’t question the value of having tests for your project; but we do question the value of wanting to test absolutely everything. In this talk we will share many ideas of what NOT to test in your project. Besides that; we will help you better understand how to test what is really necessary!

Información acerca del orador:

Alexandre Freire

Mestre em Ciência da Computação no IME/USP. Sua dissertação versa sobre o “Ensino de Metodologias Ágeis na Academia; na Industria e no Governo”. Publicou artigos em conferências nacionais e internacionais sobre o ensino de metodologias; como organizar equipes de trabalho e sobre desenvolvimento de software. Lecionou nos Cursos de Verão do IME/USP e como assistente de ensino em turmas de pós-graduação. Suas principais experiências comerciais foram como líder da equipe de desenvolvimento web na multinacional italiana AdMetam; coordenador do grupo de arcabouços na Americanas.com e coordenador de projetos da Mandic Internet. Mais recentemente vem se aprofundando em metodologias ágeis; tendo atuado junto a Oi Paggo e também ao Ministério da Cultura. No governo foi um dos coordenadores do programa de Cultura Digital da Secretaria de Programas e Projetos do Ministério da Cultura; conceituando; planejando e executando a implantação de tecnologia multimídia e conexões de acesso a Internet em Pontos de Cultura em todo o Brasil. É sócio fundador da Agilbits; empresa de consultoria e desenvolvimento que tem entre seus clientes o Museu da Pessoa; a O2 Filmes e a Locaweb; onde também trabalhou como gerente da equipe responsável por todos produtos de SaaS (software as a service). Atualmente é coach senior da Industrial Logic. Como artista desenvolve trabalhos que investigam as táticas criativas da convivência em ambientes que se integram ao meio-ambiente de forma sustentável.

Fernando Freire

Formado em física pela usp em 2004 Fiz iniciação científica desevolvendo um algoritmo para cálculo de estados de sistemas de particulas. Trabalhei de 2004 a 2007 em um projeto do ministério da cultura integrando uma equipe de desenvolvimento ágil. Trabalho há muitos anos com software livre e open source. Trabalho desde 2008 como sócio de uma empresa de desenvolvimento de software utilizando metodlogias ágeis.